Páginas

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

  SINTELMARK - Sindicato dos Operadores de Telemarketing e Empregados em Empresas Prestadoras de Serviços de Telemarketing e Similares ou Conexos do Município do Rio de Janeiro e Região -RJ
(Belford Roxo, Duque de Caxias, Itaguaí, Japeri, Magé, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Paracambi, Queimados, Rio de Janeiro, São Gonçalo, São João de Meriti, Seropédica)
e-mail: sintelmark.rj@ig.com.br

msn: sindicatotmktrj@hotmail.com


Rua Riachuelo, 191 3º Andar
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel: (21) 2242-6093

3 comentários:

  1. Carta de repudio a TNL CONTAX S/A.
    NOTA DE REPUDIO A CONTAX, POR DEMISSÃO INDEVIDA DE INTEGRANTE DO SINDICATO DE TELEMARKETING DO ESTADO DA BAHIA.

    O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Telemarketing do Estado da Bahia vem a público comunicar e denunciar que repudia a forma veemente contrária aos princípios de demissão arbitrária e ilegal do membro Presidente do Sindicato SINTET e colaborador da empresa TNL CONTAX S/A, senhor Eduardo Santos França Junior. Não respeitado os princípios sindicais é desligado por mais uma vez em pleno mandato de representação da categoria mesmo doente. Sua demissão afronta o inciso 8º do artigo 8º da Constituição Federal e o artigo 543 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), que impedem as empresas de demitir funcionários integrantes de direção sindical.
    Empregado da CONTAX, desde de 2001 o operador de telemarketing, já foi vítima de perseguição política e conduta anti-sindical, prática comum na filial da Bahia, o pior é que isso se estende hoje ao INSS que vem negando beneficio previdenciário e discriminando diversos trabalhadores inclusive sem estabilidade provisória, estas informações chegam a nós, através de denuncias por parte dos próprios trabalhadores, o que constitui flagrante ataque à liberdade. Ao demitir empregados por perseguição política ao sindicato constitui crime condenado por leis internacionais de proteção ao trabalho e ato de extrema violência contra a livre organização dos trabalhadores. O pior é que a Justiça do Trabalho vem demorando em Reintegra-lo novamente causando o maior transtorno de difícil reparação, o pedido foi feito através de liminar não acatada.
    A atitude descabida da direção da empresa só depõe contra a imagem da mesma, já abalada pelos seus antecedentes de desrespeito aos trabalhadores, ao ponto de ser convocada para deliberar sobre varias ações no SRTE e Ministério Público, por conta de uma série de desrespeitos às convenções 98 e 151 da OIT, que garantem a liberdade de organização sindical. Diante do exposto, encaminharemos solicitação de apoio as Federações, sindicatos e principalmente a toda categoria para coibir perseguição e exigir a imediata reintegração do trabalhador Eduardo França Jr. Para isso, usaremos de todos os meios legais possíveis no sentido de reverter às consequências de mais um ataque contra o movimento sindical.

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, venho comunicar o problema com a empresa PC Service que depois de 1 ano e 8 meses fui demitida sem tirar férias e na data da homologação constatando o erro o sindicato não efetuou a homologação devido ao erro constatado depois de procurar a empresa diversas vezes ainda ñ obtive nenhuma resposta, fui demitida no dia 09/05 hj já é dia 22/05 e me encontro em uma situação complicada pq ñ recebi o que deveria na rescisão como também estou impedida de dar entrada no seguro desemprego pela falta da homologação, a empresa por sua parte nem mesmo responde aos emails e nem telefonemas, ja fui na propria empresa diversas vezes e sempre ficam de me ligar para resolver a situação mas até agora nada , peço que o sindicato interfira pois está insustentável essa situação.

    ResponderExcluir